• Uma das melhores alternativas de investimento para o curto prazo são as LCI e LCA. Essas duas letras de crédito podem potencializar os seus ganhos, uma vez que ambas possuem isenção de IR!
oliver
Sou investidor desde Janeiro de 2010. O meu primeiro investimento foi em letras do Tesouro Direto Em Agosto de 2014 comecei a escrever sobre investimentos Desde então, venho investindo e escrevendo

Comentários (22)

    1. Boa tarde Lucas! Obrigado pelo feed!

  1. Um ótimo artigo, Oliver. Obrigada

    1. Boa tarde Ruty! Obrigado pelo feed!

  2. Eu acho renda-fixa tão complicado, há inúmeras opções e cada uma delas cheia de especificações. oO
    Boa leitura, Oliver. Obrigada

    1. Boa tarde Julia! Sim, a renda fixa possui seus detalhes. Mas, ainda sim, acredito que a renda fixa seja ligeiramente mais “fácil” do que a renda variável hehehee,. Obrigado pelo feed!

  3. Com um capital de 200k, qual seria o melhor investimento. Com risco baixa. Não to pensando em diversificar, mas não quero deixar na poupança.

    1. Boa tarde Leo! Olha, mas seguro, com qualidade similar a poupança ou melhor, só o Tesouro Direto, a letras Tesouro Selic. O risco se limita ao Tesouro Nacional sendo que não existe limite (como ocorre com o FGC)

      1. Obrigado, Oliver.

        1. De nada! Precisando, estamos aí!

  4. Atualmente tenho um capital investido de R$ 50.000 no banco rendendo R$200 por mês, eu sei que é um péssimo investimento, mas não sei muito do mercado. LCI seria um bom investimento nesse caso?

    Obrigada Oliver

    1. Boa tarde Carol! Olha, se você precisa desse dinheiro constantemente, por exemplo, esse valor acaba girando em sua conta, então o melhor a se fazer e deixar na mesma para não haver problemas com a praticidade de contar com o valor. Se parte desse dinheiro fica parada na conta, mesmo, então seria interessante investir em um outro produto financeiro. A LCI/LCA pode ser uma boa alternativa sim! Por se tratar de um primeiro investimento (pelo o que eu compreendi) o mais recomendado é pegar uma LCI/LCA com o vencimento bem curto! Desse modo, você corre um risco bem pequeno, sem falar que o dinheiro vai estar liberado em pouquíssimo tempo. Desse modo você vai começar a pegar mais “intimidade” com o mercado, compreende? Mas sim, a LCI/LCA é uma alternativa interessante!

      1. Obrigada pela dica, Oliver.

        1. De nada! Precisando, estamos aí!

  5. São muitas opções de investimento. Escolher o melhor deles para o ser perfil de investidor e capital é um atarefa complicada.
    Vlw pelas dicas, Oliver

    1. Boa noite Henrique! Sim, definir qual é o seu perfil e construir uma carteira adequada ao mesmo, é uma tarefa complicada. Mas analisando, estudando e investido, as coisas acabam se encaixando =) Obrigado pelo feed!

  6. Tenho investimento em renda fixa, mas só pra manter uma parte segura no meu portifólio

    1. Boa noite Allan! Compreendo! Todos nós devemos contar com uma parcela do patrimônio em algum investimento que possa nos oferecer boa rentabilidade e segurança. Faz sentido o seu raciocínio =)

  7. Com a taxa de juros caindo e inflação subindo, vale a pena deixar o dinheiro (pouco no caso KKK) em renda fixa? Ou vale mais a pena deixar na NuConta que lava cerca de 6,4%?

    1. Boa noite Brian! Dentro da renda fixa existem diversos tipos de investimentos e ativos. O universo da mesma é grande e pode lhe proporcionar (tanto no curto prazo quanto no longo prazo) rendimentos acima da média (acima do 100% do DI) Então, tecnicamente, acredito que a renda fixa ainda tenha seus “encantos”. Com relação a NuConta, não conheço muito bem, mas pelo o que você está dizendo ela fornece 100% do DI de rendimento. A rentabilidade não é ruim, se você ainda pode resgatar e trabalhar com esse dinheiro sem problemas, então não vejo porque não aproveitar esse investimento. Só fique atento as garantias da aplicação! A NuConta está protegida pelo FGC, por acaso?

  8. Eu não entendi pq o FGC, existe esse risco no ativo?

    1. Boa noite Ítalo! Como assim FGC e risco? Tipo, o FGC cobre LCI e LCA. Mas mesmo assim, ainda existe risco. O FGC, por exemplo, não é obrigado a indenizar todos os investidores que preferem dinheiro com títulos como CDB, LC, LCI e LCA. Na verdade, o FGC possui um limite de reserva. Atualmente o limite cobre algo inferior a 10% dos ativos no mercado. Então, vamos supor que o Itaú viesse a falir. Provavelmente, mesmo que houve 5 FGC não haverá capital suficiente para assegurar até 250 mil reais de cada cliente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *