»
»
Mercado “nervoso” põe à prova posições de investidor em fundos