• Em meados de Setembro de 2018, AEFI11 registrou uma forte desvalorização. Mesmo contando com uma economia em recuperação lenta, não haveria motivos aparentes para tal queda na cotação de AEFI11.
oliver
Sou investidor desde Janeiro de 2010. O meu primeiro investimento foi em letras do Tesouro Direto Em Agosto de 2014 comecei a escrever sobre investimentos Desde então, venho investindo e escrevendo

Comentários (8)

  1. Bom dia Oliver,
    Excelente artigo. Muito bem explicado! este tipo de analise é difícil achar.
    qual é o preço-alvo de vocês?

    1. Bom dia Emerson! Quem bom que você gostou do artigo! Obrigado! Com relação ao preço alvo, confesso que não faço esse tipo de análise. É lógico, que o preço pode muito bem voltar ao patamar dos R$ 150,00 a R$ 160,00 ainda esse ano. Porém, faço uma ressalva, devido ao imbróglio entre Kroton e fundo, além do vencimento do contrato (longo, porém existente), é possível que o valor de mercado do fundo possa iniciar, em algum momento, uma queda gradual, visto que existe um vencimento esse contrato e os imoveis alvo não está em operação (no momento em que escrevo).

  2. AEFI11 é um bom investimento pra deixar na carteira e esquecer.

    1. Bom dia Augusto! AEFI11 até pode ser um bom investimento, mas não para esquecer na carteira! Acredito que o cotista deve ficar de olho no fundo, uma vez que existem situações que ainda podem desencadear algum tipo de problema para os investidores. Sem falar no vencimento do contrato (é longo, lá para 2026 mas mesmo assim existe).

  3. Eu prefiro ficar na RGBS11

    1. Bom dia Aldo! Você que dizer o RBGS11? O fundo é interessante. Vejo que o fundo possui um potencial de valorização concentrando em sua vacância. Se a vacância do fundo for reduzida, é possível que as distribuições aumentem e consequentemente, o valor da cota no mercado também venha a se valorizar. Lógico que tudo isso é uma mera especulação, teria que ler mais sobre o fundo para conseguir determinar se o mesmo de fato é bom.

    1. Tranquilo Aldo! RBGS11 parece ser um fundo que pode se beneficiar de uma possível alta no consumo. O negócio é ficar de olho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *