Matheus Rodrigues
Em 2016 se mudou para Campo Grande,capital do estado de Mato Grosso do Sul, com a grande expectativa de se aprimorar no mercado financeiro,após algumas experiências como day trader, resolveu dedicar e direcionar toda sua carreira para esse mercado,com o intuito de cada vez mais conseguir obter diferentes conhecimentos,sua investida foi em se formar no curso de Economia,na Universidade Federal de Mato grosso do Sul.

Comentários (11)

  1. Pedro Cavatti
    write on

    Podemos ficar otimistas?
    Não há ainda conversas da iniciativa privada com o governo, mas a expectativa é que caiba às seguradoras viabilizar o modelo de capitalização de longo prazo, diz Edson Franco, presidente da Federação Nacional da Previdência Privada (Fenaprevi). Se alguma das propostas sugeridas for adiante, a percepção do executivo é que a gestão dos recursos de capitalização seria feita num modelo de livre concorrência por entidades fechadas, abertas, seguradoras vinculadas a bancos ou independentes. “Quem elegeria a instituição seria o indivíduo”, diz, fazendo a ressalva de que não há, por ora, clareza sobre o projeto em construção.

    https://www.valor.com.br/financas/6062245/setor-privado-espera-viabilizar-modelo-de-capitalizacao-na-previdencia

    1. Arnaldo Telles
      write on

      Acredito que o mercado ainda não precificou isso. Se se materializar o céu será o limite.

    2. Matheus Rodrigues
      write on

      Muito obrigado pela colaboração Pedro, e Arnaldo compartilhamos do mesmo ponto de vista, com certeza é um ativo que merece atenção.

  2. “Essa capitalização é bem complicada de passar.. e teria limites altos, considerando que não atingiria pessoas que não conseguissem o salário mínimo de aposentadoria, se utilizado esse sistema”

    1. Matheus Rodrigues
      write on

      Muito obrigado pelo comentário Léo.

    1. Matheus Rodrigues
      write on

      Obrigado pela contribuição Marcela.

  3. Afonso Teixeira
    write on

    Quando o Banco do Brasil (BB) abriu o capital da BB Seguridade, havia a crença no mercado de que a operação ajudaria a destravar um valor que estava oculto na instituição financeira. A tese vigente entre executivos da casa e banqueiros de investimento era que a soma das partes era maior que o todo. A operação, realizada em 2013, é até hoje citada como um dos IPOs de maior sucesso da bolsa brasileira. A oferta de ações movimentou R$ 11,5 bilhões e foi decisiva para atenuar os problemas de capital que o BB enfrentaria nos anos seguintes. No entanto, penalizou a rentabilidade do banco.

    1. Matheus Rodrigues
      write on

      Bastante válido seu comentário Afonso, muito obrigado.

  4. João Ponce
    write on

    “#WIZS3 #BBSE3 O maior risco atual de crise nos Estados Unidos, são as dividas estudantis, algumas inclusive já são consideradas impagáveis , potencialmente, equivalente a crise das hipotecas Subprime americanas…..Vão estourar e levar Bancos, Seguradoras, Corretoras! Quando ninguém sabe! “

    1. Matheus Rodrigues
      write on

      Obrigado pelo comentário João.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *