INÍCIOS, DECISÕES E ESCOLHAS.
[mp_heading]

INTRODUÇÃO AOS PRINCÍPIOS DA ECONOMIA

[/mp_heading]
[mp_image id=”10770″ size=”full” link_type=”custom_url” link=”#” target=”false” caption=”false” align=”center” margin=”none,none,20,none”]

Princípios Básicos da Economia – Produto Interno Bruto (PIB)

PIB, ou Produto Interno Bruto, é indiscutivelmente a mais importante de todas as estatísticas econômicas, uma vez que tenta capturar o estado da economia em um número. É a medida quantitativa mais ampla da atividade econômica total de um país e, mais especificamente, o PIB representa o valor monetário de todos os bens e serviços produzidos dentro da fronteira geográfica de um país durante um período específico de tempo.

 

O Produto Interno Bruto (PIB) pode ser estimado de três maneiras que, em teoria, devem produzir valores idênticos. Elas são:

(1) Base de despesas: quanto dinheiro foi gasto;

(2) Base de saída: quantos bens e serviços foram vendidos, e

(3) Base de renda: quanta renda (lucro) foi obtida.

Estas estimativas, publicadas trimestralmente, são constantemente revisadas para terem o máximo de precisão. Os dados mais observados são a variação período a período na produção e consumo, em termos reais (ajustados pela inflação).

Os pontos fortes do PIB como indicador econômico são:

(1) O PIB fornece uma melhor análise ou medida da atividade econômica através da sua taxa de crescimento e das mudanças em uma economia do que qualquer outra medida existente. Ele resume toda uma gama de informações econômicas e determina os pontos fortes e fracos comparando os vários setores.

(2) O PIB ajuda os decisores políticos e analistas a se orientar, ajustar e implementar facilmente a política econômica.

(3) O PIB é amplamente utilizado em diferentes partes do mundo que dão aos economistas critérios de comparação entre os países.

 <<4.LiçãoInflação                                 >>6.Lição,Escassez, Custos de Oportunidade e CPP