• Mudança cultural, política pública séria, planejamento de incentivos. São muitos os fatores que explicam a dificuldade do país de acompanhar os avanços da tecnologia no mundo
Marcello Sigwalt
Jornalista profissional formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso (Facha-RJ), com especialização em Economia, Política, Ciência & Tecnologia e Meio Ambiente. Consultor de Comunicação do MMA/FAO/ONU. Assessor de Imprensa no Congresso Nacional. Editor de jornais, revistas e sites.

Comentários (5)

  1. Brasil tem potencial para crescer e se transformar em um país inovador e com melhor qualidade de vida. É triste afirmar que o baixo nível de educação resulta em corrupção. Entretanto, o Brasil é nosso exemplo.

  2. Boa leitura!

  3. Excelente!

  4. Lucas Herber Bortoli

    Gostei muito do artigo.
    Só gostaria de fazer uma observação quanto ao Ministro nomeado para C&T – Marcos Pontes. A meu ver, é a pessoa mais capacitada a assumir a pasta desde os últimos governos. Ele não é somente um “astronauta”, mas se pesquisar um pouco sobre sua biografia verá que ele já teve muita participação em projetos de inovação e tecnologia desenvolvidos pelo governo americano em conjunto com empresas privadas, como é o caso da Tesla e Amazon. É formado também em administração pública e já ocupou cargos importantíssimos nos EUA. É, inclusive, embaixador da ONU em projetos industriais sustentáveis.
    https://www.youtube.com/watch?v=uE1Xy4utIow
    Espero podermos ter algumas mudanças e C&T de agora em diante.

  5. Acho que o usuário acima, que aproveitou o espaço para puxar o saco do astronauta indicado para C&T, deve ser mais um daqueles robôs espalhadores de fake news que já conhecemos. O tal astronauta não é pesquisador nem aqui nem em Marte. Não tem relevância nenhuma para a comunidade acadêmica e não passa de um operacional tripulante. Beira a loucura tentar associar esse cara a c&t.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *