INÍCIOS, DECISÕES E ESCOLHAS.
[mp_heading]

INTRODUÇÃO AOS PRINCÍPIOS DA ECONOMIA

[/mp_heading]
[mp_image id=”10770″ size=”full” link_type=”custom_url” link=”#” target=”false” caption=”false” align=”center” margin=”none,none,20,none”]

Política Monetária e Política Fiscal

Política Monetária e Política Fiscal – Em uma economia, existem duas principais políticas impulsionadoras, que são usadas para ajudar uma economia a crescer, ou protegê-la contra uma recessão, e essas duas ferramentas são política fiscal e monetária.

Política Fiscal

A política fiscal é dirigida pelo governo, especificamente através de métodos de gastos e tributação, usados para influenciar uma economia. Com o uso de gastos, eles podem criar a demanda agregada em uma economia através da redução da tributação para colocar mais dinheiro nas mãos da população.

 

Existem dois tipos de política fiscal:

Expansionista

A política expansionista estimula o crescimento econômico e é a mais utilizada em uma recessão para evitar uma agitação na sociedade, manter as empresas funcionando e criar empregos. Além disso, como foi mencionado acima, impostos de corte colocam mais dinheiro nas mãos da população e empresas que pagam impostos mais baixos têm mais dinheiro para contratar e financiar a expansão.

Contracionista

A política contracionista é o oposto da política expansionista e é menos utilizada. Obviamente, ninguém quer que a economia desacelere e entre em recessão, mas este método é usado para parar o aumento demasiado da inflação, que é prejudicial à economia. Ela aumenta os impostos e os gastos, sendo muito impopular, especialmente para a política, onde um governo pode perder votos por tomar decisões impopulares, mesmo que sejam necessárias.

Política Monetária

A política monetária é como o banco central de uma economia, gerencia a liquidez e tenta criar uma estabilidade econômica. Liquidez significa o controle da oferta monetária, incluindo o montante de dinheiro e crédito dentro da economia. O banco central também usará a ferramenta da taxa de juros para estimular ou desacelerar uma economia para, por exemplo, evitar a inflação.

Política Monetária Expansionista

Por exemplo, em um período em que uma economia está entrando em recessão, o banco central normalmente irá diminuir as taxas de juros, reduzindo os custos dos empréstimos, o que estimula o crescimento e ao mesmo tempo diminui os juros para pessoas com dívidas no cartão de crédito e hipotecas. Isso coloca mais dinheiro nas mãos da população, para estimular o crescimento.

Política Monetária Contracionista

Se o banco central perceber que a economia está superaquecendo e crescendo muito rapidamente, causando inflação, ele deverá fazer o oposto da política monetária expansionista e aumentar as taxas de juros, para aumentar os custos dos empréstimos e desencorajar empresas e indivíduos a fazerem empréstimos. O aumento nas taxas de juros leva ao aumento dos custos dos empréstimos.

Política Monetária X Política Fiscal

Tanto o governo federal quanto o banco central devem trabalhar juntos para manter a economia funcionando, embora muitas vezes eles possam se contradizer. Como o governo depende da satisfação dos eleitores, ele tenta manter a economia em expansão, especialmente perto do ano eleitoral, pois, para um candidato ser reeleito, ele precisa provar que a economia está crescendo.

Da mesma forma que, se a economia do país entra em recessão, o descontentamento da população irá para o governo. Por isso, algumas vezes, o governo irá gastar um dinheiro que não tem para prolongar a expansão. O banco central se direciona mais para a estabilidade, e para evitar a inflação em uma economia.

A política monetária e a política fiscal são as ferramentas mais populares para promover uma economia saudável a longo prazo. Embora essas duas políticas tenham os mesmos objetivos, elas nem sempre operam nos mesmos caminhos.

A política monetária pode estar promovendo o crescimento econômico por meio de taxas de juros baixas, mas a política fiscal pode estar restringindo o crescimento por meio de impostos mais altos e redução da despesa pública – e estes esforços podem acabar se anulando mutuamente.

<<7.LiçãoTaxa de Juros