INÍCIOS, DECISÕES E ESCOLHAS.
[mp_heading]

INTRODUÇÃO AOS PRINCÍPIOS DA ECONOMIA

[/mp_heading]
[mp_image id=”10770″ size=”full” link_type=”custom_url” link=”#” target=”false” caption=”false” align=”center” margin=”none,none,20,none”]

Princípios Básicos da Economia – Inflação

O que é inflação?

Inflação pode ser definida como “uma tendência de aumento sustentada no nível geral dos preços” e não no preço de apenas um ou dois bens. G. Ackley definiu a inflação como “um aumento persistente e sensível do nível geral ou da média dos preços”. Em outras palavras, a inflação se refere a um estado de aumento dos preços, não a preços elevados.

A inflação não se refere exatamente à preços elevados, mas o aumento do nível dos preços constitui a inflação. Assim, ela constitui um aumento global do nível dos preços. Portanto, a inflação pode ser vista como a desvalorização do dinheiro. Uma unidade de dinheiro agora tem um poder aquisitivo menor. A inflação também pode ser vista como um fenômeno recorrente.

 

A inflação dos bens de consumo é o que normalmente é mostrado na mídia, e usa uma média estimada dos itens que normalmente são consumidos pela família típica (essa lista é determinada por pesquisas e é atualizada periodicamente).

Essa média pode subir enquanto outros preços caem, e o quanto ela se refere à sua situação pessoal depende do quanto os seus padrões de compra se assemelham a esse índice. Mas, consideramos o ponto chave da inflação quando o preço médio desses bens e serviços aumenta.

Deflação

O efeito oposto da inflação é conhecido como deflação, que é quando o preço global diminui, fazendo com que a taxa de inflação se torne negativa. Isso pode acontecer, na maioria dos casos, com uma redução na oferta da moeda ou disponibilidade de crédito.

A redução das despesas de investimento por parte do governo ou indivíduos também pode levar a essa situação. A deflação acarreta um problema de aumento do desemprego devido à falta de demanda.

Causas da Inflação

A maioria dos economistas acredita que existem três fatores principais que levam à inflação.

Inflação de Demanda

A inflação de demanda é a mais comum. Ela ocorre quando a demanda por um bem ou serviço aumenta tanto que ultrapassa a oferta. Se os vendedores mantiverem os preços, os produtos irão esgotar. Eles então percebem que podem aumentar seus preços, causando a inflação.

Inflação de Custo

A segunda principal causa da inflação é a inflação de custo. Não é tão comum quanto a inflação de demanda, porque só ocorre quando há uma escassez de oferta, combinada com demanda suficiente para permitir que o produtor aumente os preços. A inflação salarial pode contribuir para a inflação de custos. Isso geralmente é causado por fortes sindicatos. Uma empresa capaz de criar um monopólio também pode causar a inflação de custo.

Expansão Monetária

A terceira principal causa da inflação é uma grande expansão da oferta monetária. A oferta monetária não se refere apenas ao dinheiro, mas também ao crédito, empréstimos e hipotecas. Quando os empréstimos são muito baratos, há muito dinheiro para poucos bens, causando a inflação.

Quase todos os preços irão aumentar, embora nem a demanda nem a oferta tenham mudado. A oferta de dinheiro pode ser expandida pelo governo federal para estimular uma economia, mas uma oferta de dinheiro muito grande pode ser inflacionária.

Tipos de Inflação

Inflação Progressiva

É quando a inflação de um país aumenta gradativamente, mas continuamente, ao longo do tempo. Isso tende a ser um padrão típico para a maioria dos países desenvolvidos. Embora o aumento seja relativamente pequeno a curto prazo, como é contínuo, os efeitos de se tornarão cada vez maiores ao longo do tempo.

Hiperinflação

Hiperinflação é um aumento elevado de 50% ou mais por mês nos preços, devido ao colapso quase total do sistema monetário de um país, tornando sua moeda quase sem valor como meio de troca.

Embora a hiperinflação seja causada principalmente por gastos com déficit excessivo, financiados pela impressão de muito dinheiro pelo governo federal, alguns economistas acreditam que a ruptura social leva à hiperinflação e que suas raízes estão em causas políticas e não econômica.

Estagflação

A estagflação é uma condição de crescimento econômico lento e altas taxas de desemprego, mas a inflação continua subindo. Este é geralmente um período onde a inflação está aumentando, mas a produção na economia está caindo ou está estagnada e, muitas vezes, é causado por questões de oferta, como o aumento dos custos de produção, que aumenta os preços das mercadorias, embora seja um fenômeno estranho se não existe uma alta demanda, mas os preços continuam subindo.

Outra causa para a inflação em um período de estagnação do crescimento econômico é um aumento na oferta monetária.

<<3.LiçãoOferta e Demanda                                                       >>5.Lição,Produto Interno Bruto (PIB)