INÍCIOS, DECISÕES E ESCOLHAS.

GLOSSÁRIO FINANCEIRO LETRA B

A       B       C       D       E       F       G       H       I       J       K       L       M       N       O       P       Q       R       S       T       U       V       W       X       Y       Z

[mp_heading]

B2B

[/mp_heading]

Sigla em inglês que significa “Business to Business”, ou, em português, transação de empresa com empresa. Este termo é usado para definir os negócios entre empresas, que são conduzidos através da rede mundial de computadores (ou internet).

[mp_heading]

B2C

[/mp_heading]
[mp_text]

Sigla em inglês que significa “Business to Consumer”, ou, em português, transação de empresa com consumidor. Este termo é usado para definir os negócios entre uma empresa e seus consumidores, que são conduzidos através da rede mundial de computadores (ou internet). Estes negócios podem incluir desde a oferta de serviços de pós-venda, de promoção, assim como propaganda aos clientes da empresa.

[/mp_text]
[mp_heading]

BALANCETE

[/mp_heading]
[mp_text]

Balanço parcial da situação econômica e do estado patrimonial de uma empresa, referente a um período de seu exercício social.

[/mp_text]
[mp_heading]

BALANÇO DE PAGAMENTOS

[/mp_heading]
[mp_text]

O Balanço de Pagamentos registra o resultado de todas as transações (bens, serviços, transferências e fluxos de capital) entre um país e o resto do mundo. Todas as contas de bens, serviços e transferências unilaterais são agrupadas para obter o Saldo de Transações Correntes. Este saldo é somado ao resultado das contas de capital e erros e omissões para obter o saldo do Balanço de Pagamentos. A variação de reservas é sempre igual ao saldo do Balanço de Pagamentos, pois caso o país receba mais do que envia, as reservas aumentarão; o contrário ocorrendo caso o país envie mais do que receba.

[/mp_text]
[mp_heading]

BALANÇO SOCIAL

[/mp_heading]
[mp_text]

Demonstrativo contábil dos valores do ativo, do passivo e do patrimônio líquido de uma entidade jurídica, relativo a um exercício social completo.

[/mp_text]
[mp_heading]

BANDAS DE BOLLINGER

[/mp_heading]
[mp_text]

Está ligado à volatilidade do papel, usado basicamente para descobrirmos a hora certa de entrada correta no papel, quando do rompimento de uma resistência juntamente com o começo de abertura das bandas, o tempo onde começaremos um movimento mais forte. Durante os períodos de menor volatilidade, estas bandas tendem a se estreitar e se aproximar uma da outra. A partir do momento que temos alguma movimentação no mercado e são abertas com os candles seguindo o movimento, esta é a indicação de que um movimento mais forte está começando.

[/mp_text]
[mp_heading]

BC (Banco Central do Brasil)

[/mp_heading]
[mp_text]

Órgão federal que executa a política monetária do governo, administra as reservas internacionais do país e fiscaliza o Sistema Financeiro Nacional.

[/mp_text]
[mp_heading]

BDR’S

[/mp_heading]
[mp_text]

Os BDRs (Brazilian Depositary Receipts) são recibos emitidos por um banco depositário brasileiro e que representam ações de um emissor estrangeiro que se encontram depositadas e sob custódia deste banco. Os BDRs abrem ao investidor brasileiro a oportunidade de investir em empresas estrangeiras sem ter que sair da Bovespa.

[/mp_text]
[mp_heading]

BEAR MARKET

[/mp_heading]
[mp_text]

Literalmente “mercado de urso” ou mercado baixista. Seu oposto é o Bull Market – “mercado de touro” ou mercado altista. A origem dos termos vem do movimento de ataque do urso com sua pata – de cima para baixo – e do movimento de ataque do touro com seu chifre – de baixo para cima.

[/mp_text]
[mp_heading]

BEIGE BOOK

[/mp_heading]
[mp_text]

Os 12 Federal Reserve Banks (bancos centrais regionais dos EUA) compilam informações sobre a situação econômica nas suas áreas de atuação e divulgam esses dados no relatório denominado Beige Book (Livro Bege). A publicação não expressa a opinião do Federal Reserve sobre a economia do país, sendo apenas um indicativo da atividade econômica de cada região. Seus dados são usualmente considerados pelo Fomc (Federal Open Market Committee) na definição da taxa básica de juro norte-americana.

[/mp_text]